Tudo o que você precisa saber sobre o jejum para exames!

Como vencer o medo de fazer exame de sangue
17 de agosto de 2021

Tudo o que você precisa saber sobre o jejum para exames!

Precisa fazer alguns exames? Então, veja se você vai precisar ficar em jejum!

Quando o assunto é a realização de exames, muitas pessoas ficam apreensivas, afinal, além do medo de fazer exame de sangue, nem todos sabem quando é preciso fazer jejum. Além disso, muitos não têm o conhecimento sobre o tempo necessário sem comer antes do exame. 

Para evitar confusões e a possível quebra de jejum antes dos exames, reunimos tudo o que você precisa saber sobre o jejum para exames. Acompanhe conosco para deixar para trás todos os mitos e incertezas sobre a realização de exames que precisam de um período em jejum, e te ajudar a se preparar corretamente!

O que é o jejum para exames?

O jejum para exames corresponde ao período que antecede a realização dos exames, sem ingerir alimentos. Esse período pode variar entre 3 e 10 horas. 

Assim, a possibilidade de realizar os exames durante o dia, como no horário do almoço e meio da tarde, se tornou real. Esses valores de referência foram estabelecidos baseado em estudos realizados em grupos de pessoas em jejum. 

Existe um tempo de jejum obrigatório?

Atualmente, são poucos os exames que exigem tempo de jejum obrigatório. Grande parte dos laboratórios estipulam o tempo de jejum entre 8 e 10 horas, para a maioria dos exames que ainda necessitam de jejum. No entanto, alguns testes podem ser realizados com somente 3 horas sem ingerir alimentos.

De acordo com a decisão realizada em 2016 pelo Consenso Brasileiro para a Normatização da Determinação Laboratorial do Perfil Lipídico, a necessidade de jejum para exames que medem os níveis de gordura no sangue foi abolida. 

Dessa forma, as pessoas se livraram do exaustivo período de 12 horas de jejum para realizar exames que medem níveis de triglicerídeos e colesterol no sangue. Essa mudança beneficia pessoas com diabetes, crianças e idosos, evitando o risco de hipoglicemia (queda nos níveis de açúcar no sangue) após longos períodos sem alimentação.

No entanto, existem algumas exceções. Em situações especiais, o médico pode solicitar exames que são realizados 2 horas após a refeição, em estado pós-prandial.

Os mais comuns são usados para controlar níveis de glicose depois da alimentação. Porém, para a dosagem de glicemia em jejum, o tempo de jejum deve ser de 8 a 10 horas. 

Quais os tipos de jejum para exames?

O período de jejum para exame varia de acordo com o índice a ser avaliado. A seguir, conheça os principais exames e o tempo correto de jejum para cada um deles.

Jejum de 8 a 10 horas 

  • glicemia de jejum;
  • Vitamina B1, B2, B5 e B6;
  • Beta Caroteno;
  • Vitamina C.

Jejum desejável de 4 horas 

  • Progesterona;
  • Estrona;
  • Creatinina.

O que quebra o jejum para exames?

Qualquer alimento que seja ingerido durante o período do jejum pode interferir nesse resultado, com exceção da água. Quando o jejum necessário não é realizado corretamente, a amostra do exame não está dentro dos parâmetros que permitem uma avaliação segura ao ser comparada com os níveis de referência.

Isso ocorre porque os alimentos alteram algumas dosagens bioquímicas do corpo. Dessa forma, se for preciso jejum para o exame,  não é permitido ingerir chás, café ou sucos com, ou sem açúcar, por exemplo. No caso de bebidas alcoólicas, o consumo deve ser interrompido 24 horas antes do exame. 

O cigarro também deve ser evitado no jejum. Se possível, o uso deve ser interrompido 24 horas antes da realização do exame, visto que as substâncias contidas no cigarro podem alterar alguns resultados, como os índices de glicose.

Água e remédios são permitidos durante o jejum?

Consumir água durante o jejum para exame está permitido. Os remédios de uso diário não devem ser interrompidos durante o período de jejum, a menos que o médico peça para interromper seu uso. Contudo, devem ser informados antes da realização do exame.

Agora você já sabe o período de jejum adequado para cada exame. Não fique sem realizar os exames periódicos por medo ou dúvidas. Afinal, sua saúde e qualidade de vida dependem do acompanhamento médico de rotina!

Gostou destas informações? Então, conheça também os exames e serviços disponíveis no Laboratório Diagnóstico!